Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios teve mais de 14 mil visitantes em Gramado (RS).

 ​​

A indústria brasileira de calçados, nestes últimos três dias, começou a desenhar o ano de 2019. Uma leitura rápida e ainda prematura indica um ano melhor, sem muita euforia, mas com expectativas de negócios constantes ao longo dos meses. “Os empresários fizeram o tema de casa, enxugaram suas empresas, mas, mesmo assim, estão cautelosos em relação ao desempenho de suas produções. Percebe-se um sentimento novo que está criando um ambiente favorável para a retomada positiva da economia setorial”, diz Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, promotora da feira, que neste ano comemora 15 anos de atuação. Pletsch salienta também que o aprendizado dos últimos tempos aponta para um caminho diferente e desafiador que é o de compor com parcerias e trabalhar junto com o mercado, ouvindo as demandas dos consumidores e do próprio setor. Para mim, esta é a chave dos tempos atuais”, diz Pletsch.

E expositores que estão com este foco parece que conseguiram bons desempenhos. Mesmo sendo micro e pequenos tiveram um espaço importante na feira. Com apoio de entidades participaram deste evento que reuniu, em três dias, mais de 14 mil visitantes entre lojistas nacionais e cerca de 200 importadores de todas as partes do mundo, especialmente da América Latina. “A feira pra nós é sempre importante, porque além de ser uma vitrine, estamos em um espaço especial, mostrando os nossos produtos para o varejo de diversos países, diz Margareth Becker, diretora da empresa Catri, de Novo Hamburgo, que está dentro do Estande Coletivo do Rio Grande do Sul. Ela diz também que “em termos de vendas, tivemos um faturamento bom, diante do atual mercado econômico. Esta foi a melhor feira dos últimos tempos”, sublinhou. Concorda com ela Cesar Spezzia, diretor da Anasofi, também de Novo Hamburgo, do Estande Coletivo do Rio Grande do Sul. “Aqui fortificamos a nossa marca e conseguimos mostrar os nossos produtos para clientes seletos”, diz Spezzia.

PARCEIROS QUE VISUALIZAM A NECESSIDADE DO MERCADO - Zero Grau conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas.