Indústria brasileira de calçados mostra novo ânimo e quer começar 2020 com vendas para o varejo de todos os estados.

 

A Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios mostra entusiasmo para um segmento que emprega cerca de 300 mil pessoas no país. E um dos reflexos desta representativa está nos corredores do Serra Park, em Gramado (RS), que desde cedo registra movimento acima das expectativas e aponta para um clima de retomada. Indústrias e lojistas querem materializar suas expectativas de otimismo com relação ao futuro econômico do país e do mercado segmentado. Todos dizem que estão apostando num futuro com mais confiança. “A nossa feira, que lança as coleções outono/inverno para o próximo ano, será um termômetro do movimento fabril do início de 2020, um ano que todos esperamos que seja marcado por vendas mais efetivas no varejo a fim de movimentar a indústria,” diz Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, promotora da Zero Grau, feira que se estende até quarta-feira (20).

Os movimentados corredores mostram que varejistas de todo o país estão circulando pela feira em busca de novidades e de boas oportunidades de compras. Nelci Breunig, da Loja Breunig, de Tenente Portela (RS), veio repor seus estoques de calçados femininos, infantis e tênis, privilegiando conforto. “Hoje tênis não é mais só esportivo, é um calçado de passeio”, declara Nelci. Rone David, da Ita Calçados de Palhoça (SC) também procura encontrar o mesmo mix de Nelci e acrescenta a busca por acessórios. “Estou buscando produtos referenciais com tendência internacional. Este é o perfil do meu cliente e quero encantar com as minhas vitrines no início do próximo ano”, diz ele. Já Cícero Neto, da Novo Mundo Center, de Itaporanga (PB) veio também em busca de preço e prazos. “Esta é minha primeira vez na feira e quero conhecer novos fornecedores e descobrir produtos diferenciados. Mas acho importante o calçadista oferecer boas condições de compras e parcelamentos ou mesmo preços atrativos para pagamento à vista”, acentua Cícero Neto.

PAPO LEGAL - Esta edição da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios está recheada de atrações. Os trabalhos foram abertos, no domingo, 17, com a palestra do chef francês Claude Troisgros que falou no Papo Legal. Ele abordou o tema “Empreendedorismo: Renovação é Fundamental”, falando sobre sua experiência, renovação e diferenciação como ferramentas indispensáveis para o sucesso de qualquer negócio, seja ele um restaurante, ou uma loja de calçados.

Já na segunda-feira, 18, no espaço de informação dentro da feira, o Sport Fashion, recebeu palestrantes como Fred Rocha, pesquisador é autor do livro “ManUAU do Novo Varejista”, enfocando o conceito “Pense fora da loja”. Ele ensinou formas de acelerar as vendas e como pensar no negócio para atender a um novo consumidor. Às 16h30, Guta Nascimento, diretora da Revista Claudia, apresentou a palestra “Como o digital está transformando a moda, você e seu consumidor”. Ela debateu sobre cenário atual e o impacto provocado pela revolução tecnológica.

PARCEIROS QUE VISUALIZAM A NECESSIDADE DO MERCADO - A Zero Grau conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas.